Ivo S. G. Reis - Artigos, Poesias, Contos e Crônicas
Textos

Ateofobia: pastor recomenda que mulheres evitem relacionamentos amorosos com ateus, sob pena de decepção amorosa e sofrimentos
 
Já não bastassem os diversos preconceitos que ateus e irreligiosos sofrem, mais esse, dito em púlpito da Igreja, com templo lotado, e em programa transmitido pela TV. Vi isto por acaso, em minha TV, quando, às 21:00h (horário nobre) procurava por bons canais na TV convencional (que dificuldade!). Os canais de TV convencionais estão invadidos por programas religiosos, muitos deles com clara apologia à ateofobia, como foi o caso em questão.

Ateofobia ao vivo, a cores, e em horário nobre da TV

O autor da façanha, condenável e ignominiosa, é o "missionário" RR Soares (o fala mansa), líder da Igreja Internacional da Graça de Deus", uma das 4 maiores denominações evangélicas do Brasil, e foi cometida neste sábado, 30/04/2016 no programa "Show da Fé", número 4135/16, entre os minutos 37' 42" a 38' 40" (clique aqui para acessar o vídeo). O argumento utilizado (não extamente com estas palavras): "Quem não tem capacidade de amar a Deus e a Cristo não tem capacidade para amar ninguém e essas pessoas sem Deus no coração fariam qualquer mulher infeliz".

Carnê, boletos bancários, cartão de crédito, maquininhas de débito, depósitos, transferências bancárias

Tal qual na Igreja Universal (IURD), os dízimos também podem ser pagos por carnê, boleto bancário, transferências ou cartão de crédito da igreja, ofertado aos fiéis. Mas para quem não optou por nenhuma dessas modalidades, foram dados os números das contas bancárias da Igreja para que o fiel faça depósitos em nome da igreja e não deixe de pagar. Só falta agora implantar um chip na cabeça do crente para que ele possa pagar por pensamento.

Depois disso, o missionário falou em plantar "sementes" para Deus (semente, na linguagem evangélica, é pagamento de dízimo) e deu os números das contas bancárias do Bradesco e do Banco do Brasil, onde os fiéis deveriam depositar, aproveitando que estaremos nos "dias milagrosos", os primeiros 5 dias do mês (que coincidência!).

Não sei se já estou ficando implicante e enojado demais com esses pastores, recriminando tudo o que dizem. Para mim, praticam livremente e incentivam a ateofobia. Dizem algumas pessoas do meu círculo de amizades que estou levando a minha preocupação ao extremo, que isso pode me fazer mal e que eu não devo me importar com os crentes, deixando que eles se explodam e paguem pelas suas burrices.

O que meus companheiros irreligiosos pensam? É isso mesmo ou devemos alertar e denunciar?
 
Saudações Irreligiosas!
Ivo S G Reis
Enviado por Ivo S G Reis em 01/05/2016
Alterado em 02/05/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mencionar: Autor original: Ivo S. G. Reis; fonte: Recanto das Letras - Site do Autor - http://www.ivosgreis.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários