Ivo S. G. Reis - Artigos, Poesias, Contos e Crônicas
Meu Diário
12/11/2018 18h51
Causa mortis: saudade

Todos têm os seus dias mais tristes e também os mais felizes. Não sei em que possa interessar a alguém saber qual foi o dia mais triste da minha vida, até porque, como continuo vivendo, poderia haver algum pior do que este 05/11/2018, o dia em que faleceu minha esposa e companheira de 50 anos, a pessoa que eu mais amei em vida (isso não mudará, tenho certeza). Nenhum amor, nenhum afeto ou companheirismo, de quem quer que seja, poderá preencher o vazio que ela deixou.

Não, não creio que possa haver para mim dia pior do que este, salvo uma grande tragédia que levasse todos os meus entes queridos, de uma só vez. Estou experimentando a morte em vida, uma morte lenta, sufocante, agoniante, torturante, que esvazia minha energia vital a cada dia - logo eu, que me julgava um forte.  Não sou, ninguém é, diante de uma perda assim.

Se em pouco tempo eu também partir e a morte for por alguma suposta doença, não acreditem no que for declarado pelos médicos (pneumonia, enfizema, parada cardíaca, insuficiência respiratória, falência múltipla de órgãos...)! Qualquer que seja a causa, será falsa. Peçam que retifiquem para: Causa mortis: Saudade! Nenhuma máquina ou profissional humano pode detectá-la.

Este era um registro que precisava ser feito.

 

 


Publicado por Ivo S G Reis em 12/11/2018 às 18h51
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mencionar: Autor original: Ivo S. G. Reis; fonte: Recanto das Letras - Site do Autor - http://www.ivosgreis.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
12/11/2018 18h18
Diário Seletivo

Quando se fala em "diário", imagina-se aquele conjunto de textos curtos, organizados em ordem cronológica, onde se registram fatos importantes, emoções, alegrias, tristezas, sentimentos, enfim, coisas importantes que acontecem em nossas vidas e que achamos que merecem registro.

Tal não é o caso aqui. Este é um diário seletivo, onde também constam essas ocorrências importantes, mas é, antes de tudo, uma espécie de lembrete sobre coisas das quais pretendo falar futuramente, de forma seletiva, porque nem todas serão abordadas. São coisas que não podem deixar de ser mencionadas, no meu entender. Daí, o grande lapso de tempo entre um texto e outro; daí, a pouca quantidade de textos.

 

 


Publicado por Ivo S G Reis em 12/11/2018 às 18h18
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mencionar: Autor original: Ivo S. G. Reis; fonte: Recanto das Letras - Site do Autor - http://www.ivosgreis.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
23/11/2017 02h41
A solução, antes do problema

Esta é uma reflexão a ser desenvolvida para futura publicação. A ideia central é a de que quando já se sabe que o problema surgirá inevitavelmente(só não se sabendo precisar quando), por que não adotar uma solução preventiva, ao invés de esperar o problema acontecer para, só então, adotar-se uma solução "corretiva"?

Data de hoje: 22/11/2017


Publicado por Ivo S G Reis em 23/11/2017 às 02h41
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mencionar: Autor original: Ivo S. G. Reis; fonte: Recanto das Letras - Site do Autor - http://www.ivosgreis.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
18/12/2008 00h57
Se os Filósofos e os Ambientalistas Governassem o Mundo...

Texto a ser desenvolvido futuramente
Formato: prosa poética, crônica ou ensaio literário
Resumo: Uma alegoria de como seria a humanidade se houvesse um governo mundial e um governo, em cada país, formados por órgãos colegiados (conselhos), compostos por filósofos e ambientalistas, com poder de decisão ou, pelo menos, como órgão consultivo dos governos.
Notas: Se o desenvolvimento do tema ficar muito extenso e não se enquadrar em prosa poética, poderá vir a ser publicado como crônica.  O rascunho da idéia é  o que vai determinar a forma final.

Pensamento: Ah, se os governos tivessem um órgão colegiado formado por filósofos e poetas para assessorá-los... Haveria tanta desigualdade social? E os impostos? Aumentariam tanto, obrigando-nos a deixar quase metade do que ganhamos nas mãos do Governo? Não, com filósofos e poetas, não. Eles, em sua grande maioria, amam o que é justo, ético e politicamente correto.


Publicado por Ivo S G Reis em 18/12/2008 às 00h57
 
13/04/2008 04h59
Conversa com o Amigo Livro - Agendamento
Viste que hoje, andei conversando contigo e resolvi programar o resultado desta nossa conversa para uma publicação futura. Fiz isto por achar que o teor do que conversamos poderá interessar a muitas outras pessoas que também têm um amigo chamado "Livro".

Aliás, meu amigo, isto é uma promessa que te faço, a ti e a todos os teus irmãos, tal como me pediste. Ah, o texto? Será em forma de crônica porque, assim, fico mais à vontade para esculhambar aqueles que menosprezam o teu valor, achando que a mídia eletrônica e os tais de "e-books", em especial, podem substituir-te. Coitados... Como estão enganados! Não sabem o risco que correm com as publicações eletrônicas. Sequer sabem quanto tempo poderão durar, se é que vão durar. Deixa eles comigo! 

Pois é, amigão, como podes ver, os mesmos que hoje te menosprezam são aqueles a quem ensinaste a ler e escrever. Por isso, quero corrigir esta injustiça. E só não o faço agora, por estar atarefado e também por desejar um texto bem elaborado e bem pensado, que possa atingir a fundo o coração dessas pessoas que te destratam.

Não, eu não vou permitir essa injustiça. Eles que me aguardem!

Publicado por Ivo S G Reis em 13/04/2008 às 04h59



Página 1 de 2 1 2 [próxima»]